2 de agosto de 2012

Foundation Routine | Oily Skins



Olá!
Hoje tenho um post um pouco diferente para vocês. A pedido de uma amiga que tem andado com muitas duvidas à cerca da forma correcta de usar base decidi fazer um post sobre o assunto. 
Tudo o que aqui vou dizer vem de muitas horas passadas a ver vídeos de beleza no Youtube e também de muita experiência pessoal. Durante anos tive grandes problemas com acne e não saía de casa sem base, literalmente, cheguei a faltar às aulas porque não tinha a base comigo, por isso pode-se dizer que ganhei alguma experiência. Nem sempre a usei da melhor maneira mas com o tempo fui aperfeiçoando a minha técnica. Agora já quase que não uso base pois a minha pele já está muito melhor, mas quando quero uma pele mesmo sem defeitos ainda peço ajuda à dita cuja. 

Já chega de blá blá blá, vamos passar ao que interessa.

1. Pré- base / Primer

A pré-base tem como função preparar a pele para receber a base. Tem uma formula que ajuda alisar a superfície da pele fazendo com que seja mais fácil espalhar a base de modo uniforme e fazendo também com que ela dure mais tempo. Existem vários tipos de pré-bases, desde as mais básicas às com formulas especificas para peles oleosas que ajudam a matificar a pele, outras ajudam a diminuir os poros e por ai fora. É uma questão de escolher a mais adequada para o vosso tipo de pele. No caso de peles oleosas uma pré-base que ajude a matificar seria o ideal. 

2. Base

Obviamente este é o passo mais importante. Quando escolhemos uma base é importante irmos com tempo e paciência pois temos de ter a certeza que escolhemos o produto certo. 
Primeiro devem escolher uma formula. No caso de peles oleosas devemos optar por formulas leves, anti-brilho, especificas para peles oleosas, matificantes. 
De seguida é importante escolher a cor certa. 
Eu tenho um tom de pele bastante claro e normalmente não tenho muitas dificuldades em escolher tons de base porque quase sempre é o tom mais claro o indicado para mim, se não for o mais claro é o tons a seguir. Acho que com peles de tons médios a escolha é mais complicada, pois há uma maior diversidade de tons possíveis.  Sempre ouvi dizer que quando estamos com duvidas entre dois tons devemos escolher o mais claro, que podemos sempre remediar com um pouco de bronzeador, ao contrario do que acontece se o tom que escolhermos for muito escuro, pois torna-se quase impossível de disfarçar. Dito isto é importante não escolherem um tom muito muito claro pois assim vão mesmo parecer fantasmas. 
Quando já tivermos a base escolhida é importante lembrar que na hora de aplicar o produto  devemos espalhar muito bem o produto, incluindo espalhá-lo no pescoço e ter a certeza que não ficamos com linhas entre as áreas que têm a base e as que não. É aqui que a pré-base nos ajuda e torna esta tarefa mais fácil. 

3- Corrector / Concealer

Este passo é completamente dispensável. Mas para pessoas que têm problemas com olheiras ou por exemplo acne e que precisam de uma cobertura maior que a base não ofereceu, ai podem optar por usar um corrector. 
Mais uma vez há vários tipos de corrector. Portanto o que devem fazer primeiro é identificar o problema. Para corrigir olheiras, vermelhidão, etc... Nos exemplos acima o da Clinic por exemplo é especifico para acne e por isso não seria muito adequado para esconder olheiras pois a formula seria muito forte e óbvia para ser usada na pele fina que temos debaixo dos olhos. O produto da Kiko é mais leve e é bom para usar para disfarçar olheiras, contudo também pode ser usado para disfarçar pequenas imperfeições no rosto, como vermelhidão e pequenas borbulhas. O que torna a formula da Clinic melhor para esta ultima situação é apenas o facto de ajudar não só a disfarçar mas também a curar. 
Alguns deste produtos vêm em tons verdes pois o verde anula a vermelhidão das borbulhas e usado com cuidado não aparece verde apenas "corrige" o vermelho. 

4- Pó / Powder

Para pessoas com peles oleosas este passo é indispensável, pois o pó de maquilhagem ajuda a manter a base intacta e a matificar o brilho típico das peles oleosas. 
Podem escolher pós soltos translucidos que são perfeitos para manter os produtos (base, corrector, etc) no lugar ou podem escolher pós compactos com cor que fazem o mesmo que os soltos translucidos e que ao mesmo tempo acrescentam um nível de cobertura. 
É importante ter cuidado quando estamos a colocar todos estes produtos, pois se metermos base, corrector e depois um pó compacto com cor e não tivermos cuidado vamos acabar com um efeito indesejado tipo uma camada enorme de produto na pele que dá para tirar com uma espátula. 
Por isso devemos ser modestos e usarmos apenas as quantidades necessárias sem exageros. 
Pessoalmente já usei com frequência os três produtos e desde que aprendi a usá-los correctamente não tive quaisquer problemas. É uma questão de bom senso e prática. 

Espero ter ajudado. Os produtos que eu mencionei aqui são apenas hipóteses, até porque sem ser as amostras da pré-base da Sephora não experimentei mais nenhum produto pessoalmente. A minha base é da Clinic mas não é a formula que mostro em cima. 



Love

LVB

3 comentários :

R. disse...

óptimas dicas e super úteis :)

http://ohiwishblog.blogspot.pt/

Vj-online disse...

Your blog is soo beautiful.love your post and the last one too!
we can follow each other if you want! i already follow you!Would you follow me?;)

Follow us,Win gift certificate
http://vjstyle-online.blogspot.com/

Fash Boulevard disse...

omg, this is so well done. Adore this post, hun. If you get a sec, I'd love to hear your thoughts on my latest Style Guide and post for LaurenConrad.com. xo

www.fashboulevard.blogspot.com